- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mulher amor eterno

Gabriel Silva / Carlos da Maia *fado perseguição*
Repertório de Ana Maurício

Sou mulher, calor, alento
Sou queixume, sou lamento
É tudo o mais que Deus quis
Sem ser esteira, sou do mundo
E no meu sentir profundo
Choro, canto e sou feliz

Sou vida que um dia acaba
Sou beleza que se esmaga / Ao beijo mais violento
Os meus braços são abrigo
E trago sempre comigo / Ciúme, amor, sentimento

Sou a mãe de gerações
Irmã gémea das traições / Ternura, pranto, alegria
Virgem de ventre fechado
Que se não fosse rasgado / Ninguém no mundo existia

Sou doçura, sou bondade
Sou mentira, sou verdade / Das loucas paixões, inferno
Sou alma, tortura, grito
Deste medonho infinito / 
Sou mulher, amor eterno