- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Não me digas o teu nome

Fernando Campos De Castro / Alfredo Duarte *fado mocita dos caracóis*
Repertório de António Laranjeira 

Não me digas o teu nome
Não digas que eu adivinho
És uma estrela sem nome
Que me alegra e me consome
E dá luz ao meu caminho

Não me fales de revoltas / Que o silêncio é bem melhor
Meu amor sempre que voltas / Fechas tantas pontas soltas
Nos laços do nosso amor

Deixa a noite imprevisível / Fazer tudo o que quiser
Ó meu amor impossível / O teu nome é indizível
Ninguém o pode saber

Meu amor, minha ternura / Só tu sabes meus segredos
És lucidez e loucura / Que na noite mais escura
Cobre todos os meus medos