- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado da solidão

Nelson de Barros / Frederico Valério
Repertório de Fernanda Maria

Não sei se voltas ou não
Ou já não és meu... talvez
Só sei que o meu coração
A fé não perdeu... de vez

A noite traz o receio, faz medo faz
Pois o meu quarto está cheio
De sonhos em que não estás

Não quis dar por coisa vã
Aos nossos fracassos... fim
Feliz, a minha manhã
Nascia em teus braços... sim

Carícia que era calada, que mal sentias
De te beijar desesperada
Enquanto amor, tu dormias

Ciúmes, tive-os de amante como punhais
Mas nunca se ama bastante
Quando não se ama demais