<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Hora da partida

Jorge Fernando / Miguel Ramos *fado alberto*
Repertório de Jorge Nunes

À hora da partida, tu partiste
Fria, intransponível, indulgente
Se foi pouco ou se foi muito, decidiste
Entre a gente, não haver nada, entre a gente

Incrédulo pensei: mas porquê isto ?
Que desígnio esfriou o nosso amor
Eu que me vejo vivo e só me existo
Se longe de ti nunca me supôr

Que relação resiste à indiferença
Da fuga persistente a um só abraço
A bater como um pulsar na consciência
A resurmir-se na vida a um triste passo

Então diz-me quem sou, ou quem tu és
Qem que meantros fomos dois e logo após
De me sentires prostrado a teus pés
Os dois nunca mais deu p’ra sermos nós