As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Vai aqui o Alto do Pina

Silva Nunes / Jorge D’Ávila
Repertório de Amália

Lisboa vem à janela
Olha a marcha, vem com ela
Lisboa vem ver num trono
O santinho, meu patrono

O bairro aonde moro / Tem lá tudo que eu adoro
Lisboa cantando de novo
Traz o Alto do Pina / 
Na boca do povo

O Alto do Pina faz um vistão
De cravo ao peito e arraiais no coração
O Alto do Pina, por brincadeira
Diz que ao passar põe a cantar Lisboa inteira


Lisboa, quem foi que disse?
Que ir na marcha é tolice
A marcha tem luz aos molhos
E fogueiras nos teus olhos

Cantiga que o povo canta / Põe a alma na garganta
Lisboa tem arte é ladina
Não há melhor marcha / 
Que a do Alto do Pina