- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.685 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Perpétua saudade

António Coelho / Jaime Santos *fado alvito*
Repertório de Augusto José

Fugiu do meu cativeiro
A que me dava carícias
Maria da liberdade
Já corri o mundo inteiro
Mas ninguém me dá notícias
Oh que perpétua saudade

Perguntei ao mar, ao vento
À lua que tudo espreita / Esses becos e vielas
Já sem força nem alento
E de esperança desfeita / Eu recorri às estrelas

Lindas fadas do destino
Safiras do firmamento / Dai tréguas ao meu sofrer
É grande o meu desatino
Escutai o meu lamento / Ansioso de a prender

Dizei-lhe, por caridade
Que volte mesmo velhinha / Para viver a meu lado
Maria da Liberdade
Se tu voltares a ser minha / Perdoarei teu pecado