- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.685 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O meu espelho

Carlos Conde *mote* / António Lagoa *glosa* / Filipe Pinto *fado meia noite*
Repertório de Manuel Peixoto

Senti um certo embaraço
Ao ver meu antigo espelho
Ou ele se fez mais baço
Ou sou eu que estou mais velho

Eu gosto de improvisar / Por cantar bem, tudo faço
Mas um dia, p’ra cantar / Senti um certo embaraço

Lembrei minha voz serena / No fado que eu aconselho
E de mim eu tive pena / Ao ver meu antigo espelho

Ao ficar diante dele / Olhei todo o seu espaço
E disse: eu serei aquele? / Ou ele se fez mais baço?

Quis iludir-me, afinal / Nem sei ao que me assemelho
Estarei eu a ver mal / Ou sou eu que estou mais velho