- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Maria da Mouraria

Letra e musica de Pedro Campos
Repertório de Hélder Moutinho

Trazia o verde nos olhos
Era uma rua da aldeia
Maria corria ao vento
Dançava na lua cheia

Um coração que sofria / Batia sem desengano
Por uma alma vadia / Batia por um cigano

Ai Maria da Mouraria
Ai Maria da Mouraria

E do amor que floriu / E contra tudo cresceu
Nasceram rosas perfeitas / No dia em que amanheceu

Mas veio um dia sombrio / E a chuva forte bateu
Talvez por triste destino / O seu amante morreu

Maria chorou tão só / Pareceu que a vida acabou
Àquela aldeia esquecida / Maria nunca mais voltou

E pela sombra seguiu / Qualquer caminho que via
Chegou sem nada a Lisboa / Aos braços da Mouraria