- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Tributo a Fernando Maurício


Letra de José Fernandes Castro 
Musica de José António Silva *fado bacalhau*
Repertório de Ricardo Neto

Passos calmos, passos certos
Braços firmes e abertos
Rosto sorrindo ao futuro
Vida entregue à lei da vida
Verdade escrita e sentida
Amassando o pão que é duro
       

Sofreu as horas penadas 
Rompeu pelas madrugadas / Calou fundo o país novo
Abriu as portas fechadas
Cantou as vozes caladas  / Viveu p’ra se dar ao povo

Foi aquilo que quis ser
Na sua força de ter / Uma rosa em cada mão
Limitou a sua vida
Por uma causa sofrida / Em defesa da razão

O silêncio foi a lei
Que calou a voz do rei / Dos sentidos sempre alerta
Ficou a sua coragem
Ao partir nessa viagem / Triste e sem morada certa

E as suas mãos, mãos de dar
Acabaram por ficar / Cerradas, frias e sós
O seu nome vai ficar
Gravado, a representar / Um símbolo p’ra todos nós