- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.685 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Recado de João Dias

João Dias / Filipe Pinto *fado meia noite*
Repertório de Rodrigo

Que ninguém chore por mim
Na festa da minha morte
Que uma vida tão ruím
Não merece melhor sorte

Quando eu regressar ao nada / Pagando à terra o tributo
Não quero a terra enfeitada / Nem sequer sinais de luto

E se a vida me castiga / Deixem-me morrer em paz
E por favor, ninguém diga / Coitado, era bom rapaz

Se quando pedia amor / Morderam a minha mão
Nem falso pranto, nem flor / Venham pôr no meu caixão