- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Lenda da princesa moira

Armando Costa / Rodrigo
Repertório de Rodrigo

A lenda sempre a rezar
Diz que a princesa inocente
Mais bonita da Moirama
Foi morta só por amar
Um cristão, moço valente
Que havia na velha Alfama

Diz que em noites de luar
Junto ao velho correão / Do castelo negro e forte
Ouve-se a moira a gritar
Pedindo ao moço cristão / Que a venha salvar da morte

Depois, num tom mais singelo
Diz a lenda, que afinal / O cristão cheio de nobreza
Foi morrer junto ao castelo
Num combate desigual / Por amor dessa princesa

Diz que mais tarde, ao sol-pôr
Ao bater Avé-Marias / As moiras lacrimejantes
Tangendo liras de amor
Iam cantar melodias / Junto à campa dos amantes

Desde então, eu acredito
Que nós herdamos o fado / Desse povo da Moirama
E que é sempre mais bonito
Quando em silêncio é cantado / Nas ruas da velha Alfama