As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Ninguém há-de saber

Fernando Campos de Castro / Miguel Ramos *fado alberto*
Repertório de Pedro Vilar

Ninguém há-de saber do nosso amor
Nem nada do que sinto ou que tu sintas
Ninguém há-de saber seja o que for
Das nossas duas bocas tão famintas

Ninguém há-de saber da luz intensa
Que há num corpo assim amotinado
Nesta secreta entrega assim suspensa
Entre o prazer divino e o pecado

Ninguém há-de saber do nosso cheiro
Do mundo que nós pomos num só verso
Ninguém há-de saber do paradeiro
Do nosso amor maior que o universo

Ninguém há-de saber desta ternura  
Nem do segredo amor que ouço e digo
Ninguém há-de saber desta loucura
De quando morro e vivo a sós contigo