- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Minha mãe peço perdão

Mário Raínho / Alfredo Duarte *marcha do marceneiro*
Repertório de Frederico Barreto

Minha mãe, peço perdão
Sou a triste voz de um povo
Que Deus quis para cantar
Não chores mãe, sem razão
Porque o fado não é novo
Quantas mães irão chorar

Alguém que te foi dizer
Que seguir este caminho / É seguir caminho errado
É mentira, podes crer
Eu nunca ando sozinho / Mas sim com Deus a meu lado

Entretanto vou caminhando
Levando apenas na mente / O fado minha paixão
Outras mães tu vês chorando
Por outra razões diferente  / Minha mãe do coração