<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Fado poliglota

Letra e musica de António Rocha
Repertório do autor

Ó fado que és sempre fado
Como estás moderno agora
Até já te oiço cantado
Nos idiomas lá de fora

Para agradares aos turistas
És cortês, és delicado
Fazes tudo p’ra dar nas vistas
Mas não deixas de ser fado

Se uma inglesa aparece... yes, yes, yes, yes
Se uma francesa sorri... oui, oui, oui, oui
Quando uma alemã vem cá… ya, ya, ya, ya
E à espanhola com audácia tu dizes... viva la gracia

Brasileira, entras no samba
Velho fado doutra era
E ao veres uma italiana
Dizes logo, buona sera

Japonesa, arigatô
Dizes tu, semi-curvado
E até shalom, shalom
Já te ouvi dizer ao fado