- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado é fado

Letra e musica de João Dias Nobre
Repertório de Maria Valejo

Quem reparar bem no fado / Pode dizer, que não mente
O fado, mal comparado / É tal e qual como a gente

Já foi Menor e sorriso / Mas ficou bem mais crescido
Era maior sem juízo / E acabou por ser Corrido


O fado é triste e chorado
Mas fado é fado, fado é assim
Quando é castiço é gingado
Mas fado é fado, fado é assim
Há também uns disparates
Que nas boites tocam sem fim
Mas esse fado, se é fado
É lá para os outros, não é para mim

Quando um estrangeiro se afoite / Nesta Lisboa sem porta
Tem de passar toda a noite / A ouvir o fado e a cear

Sei de um que adoeceu / E o que fez mal ao coitado
Não foi bem o que comeu / Foi só de ouvir tanto fado