- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.700 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Sombra calada

José Fernandes Castro / Raúl Ferrão *fado carriche*
Repertório de Eugénia Andrade

Apesar do desespero
Que marca a minha rotina
Ainda sou o que quero
Pois o mal não me domina

Tenho em mim golpes profundos / Duma vida arrasadora
Mas vou juntando os segundos / E vou tendo a minha hora

Com a alma destroçada / Pela dor e p’lo cansaço
Sou uma sombra calada / Que defende o seu espaço

O fado é meu protector / A saudade, é conselheira
Hei-de vencer esta dor / Que me quer por companheira