As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Tu foste a ilusão

Fernando Campos de Castro / Raul Pereira “fado zé grande”
Repertório de Nelson Duarte

Tu foste a sombra negra dos meus passos
Destino que no meu se atravessou
Tu foste a solidão que nos meus braços
A parte má da vida, colocou

Tu foste a ilusão mais verdadeira
De entre as ilusões que já vivi
E até foste a esperança derradeira
Que tinha imaginado ver
em ti

Tu
foste o desespero incontrolado
Na soma dessas horas que passaram
Tu foste esse desejo inacabado
Que as minhas duas mãos edificaram

Tu foste aquela taça de pureza
Que tanta vez bebi, mas teve fim
E foste o mar enorme de tristeza
Que trago a transbordar dentro de mim

Tu foste a negação dessa ternura
Que tanto imaginei nascer de ti
Só tu foste a razão desta loucura
De não saber se vivo se morri