- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Maré

Letra e musica de Rogério Maranhão
Repertório de António Zambujo

Uma canção chega assim
Que canta o passarinho
Numa noite qualquer
Na dança da maré
Descalça convida para um café

Uma canção chega assim
Tão perto, pertinho de fazer cafuné
Apanhar fruta com o pé
Repousar meu sonho no teu corpo
Num abraço sideral

Uma canção chega ao fim
E desfaz-se no ar
Só p’ra poder voar num sopro casual
Um dia, uma tarde, num segundo
Isso é coisa natural