- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Marcha do Outono

António Melo / Silva Tavares
Repertório de Maria Clara
                                                                                                     
Quando chega o doce Outono / O rei sol perde a dureza
E abençoa do seu trono / Toda a terra portuguesa


Foi à pura claridade / Dessa benção, que talvez
Deu p’lo travo da saudade / O primeiro português


Com poentes de céu rubro
E manhãs de luz risonha
Não há mês como o de Outubro
P’ra quem ama e p’ra quem sonha
Outubro não tem rival
E é preciso que se diga
Que o Abril em Portugal
Não é mais que uma cantiga


O Inverno desespera / Só mau tempo sai na rifa
E a famosa Primavera / Para muitos é patifa

O calor convida ao sono / E às loucuras do Verão
E só quando volta o Outono / Volta a paz ao coração