- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Convite d’amor

Mário Raínho / Alfredo Duarte *fado cuf*
Repertório de Zé do Mar

Dentro da madrugada, a hora incerta
Se olho o teu corpo nú, adormecido
Meu desejo de ti logo desperta
Como se fosses fruto proibido

Há convites d’amor na tua pele
Accordo-te com beijos de loucura
E teus olhos molhados d’água-mel
Adoçam minha boca com ternura

Unidos nossos corpos no prazer
Ardem nessa fogueira de paixão
Lá fora, a vida passa sem saber
Que eu faço amor contigo até mais não