- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mondego sonhador

Vasco Macedo / Lourenço Rodrigues
Repertório de Alberto Ribeiro

Não há mais santo sossego
Quietação ou paz maior
Que nas margens do Mondego
Do Mondego sonhador

Toda a casta poesia
Dessas margens tão quietas;
Em poemas de harmonia
A vibrar de melodia
Foi contada por poetas

Coimbra
Quando nas margens do rio
Nevoeiro leve e frio
A subir toda te cobre
Coimbra
Parece a luz da saudade
Que te encobre de verdade
A capa de António Nobre