- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Divino sol, divino fado

José Luís Gordo / Popular *fado corrido*
Repertório de Maria da Fé

Minha mãe, eu sou do tempo
Da força que a água tem
Sou do mistério do vento
Que não sabe d’onde vem

Esta voz que canta em mim / Não a canta mais ninguém
Sou do mistério do fado / Que não sabe d’onde vem

Minha mãe, dá-me o talento / Que só o poeta tem
Que eu sou como o próprio vento / Que não sabe d’onde vem

Minha mãe, do vosso amor / Pouco ou nada quase sei
Sou como a própria flor / Que não sabe d’onde vem

Minha mãe, eu sou do tempo / Da força que o fado tem
Sou do mistério do vento / Que não sabe d’onde vem