<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
As 5.790 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O fado e as bocas *humor*

José Fernandes Castro / Carlos Santos
Repertório de Zé Carvalho

Tenho a mania que sei cantar bem o fado
E sou muito mal tratado p'las pessoas de má fé
Tenho a mania que tenho uma voz timbrada
A malta fica afinada, e grita toda de pé

Ah fadista... v
ai cantar p'ra tua terra
E todos em pé de guerra dizem tantos disparates
Ah fadista... continuam a gritar
E para eu me calar até me atiram com tomates

É uma doença que tenho desde chavalo
Para mim é um regalo, fazer parte das rambóias
É uma doença que agora já não tem cura
Já andam á minha procura, p'ra me levar p'ra Custóias

Vivo p'ro fado, tenho esta ideia chalada
Com minha voz encharcada continuo esta labuta
Vivo pró fado, quero morrer a cantar
Ouvindo a malta gritar: vai-te embora, ó filho da... luta

Ah fadista... vai cantar p'rá tua terra
E todos em pé de guerra f
azem grande algazarra
Ah fadista... continuam a gritar
E para eu me calar a
té me gamam a guitarra