As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


A descoberta do Brasil *humor*

Neca Rafael / Fado da Foz
Repertório de Neca Rafael

Numa escola, um professor
Que tinha por sua norma

Em não ser nada gentil
Chama um petiz com rancor
E pergunta-lhe desta forma;

Ouve lá rapaz, quem é que descobriu o Brasil?

E o pobre garotito
Cheio de susto e temor... Sem na pergunta pensar
Respondeu muito aflito;
Eu cá não fui meu senhor... Eu tenho estado a estudar

Indignado lá vai
O professor, qual judeu... Com o petiz a toda a pressa
Fazer queixa dele ao pai
Ao qual o pai respondeu... Deixe estar que ele confessa

Mas complicou-se o sarilho
Porque o pai todo esperto... Com mais esta se saiu
Dizendo ao bater no filho;
Pois se ele estava coberto... Quem diabo é que o descobriu?

Das mãos do pai furioso
A mãe tirou o filhinho... Indo ao professor dizer
Ai ele é muito mentiroso
Mas desta vez, coitadinho... Paga por ser sem o ser

Era o seu filho um herói
Diz o professor, mas tal... Nunca terá tais talentos
Oh senhora, eu sei bem quem foi
Foi Pedro Alvares Cabral... Na data de mil e quinhentos

E então por mil e quinhentos
Chupa o meu filho uma coça?
Mas deixe estar, não faz mal
Porque os mesmos sofrimentos
Farei um dia que possa
Ao tal Pedro Alvares Cabral